3 dificuldades cotidianas do Gestor de Facilities

O que o profissional de Facilities deve esperar no seu cotidiano 

Como comentamos anteriormente no texto Gestão de Facilities: os desafios e a importância da especialização na profissão, essa profissão é tendência entre as profissões com melhor remuneração e, aos poucos, é reconhecida como ferramenta estratégica não somente para administração e redução de custos em atividades empresariais, mas permite que seu profissional seja capacitado para ampliar a eficiência de um empreendimento.

Porém, o Gestor de Facilities pode passar por alguns desafios na rotina da profissão. Nosso blog apresenta alguns pontos que precisam de atenção para aqueles que estão seguindo essa carreira. Saiba mais a seguir. 

Quando feito de maneira satisfatória, empregando conhecimento e expertise com uma equipe engajada, a Gestão de Facilities é fundamental para que um empreendimento prospere de maneira sadia. Essa é uma profissão que deve auxiliar de forma eficiente as tarefas relacionadas à manutenção predial. 

Não importa o tamanho do empreendimento, o profissional de Facilities tem a missão de coordenar alguns setores estratégicos como as áreas de higiene, limpeza, segurança e controle de acesso, recepção, entre outras atividades indispensáveis para a estabilidade do negócio.

Todavia, para assumir esse controle e apresentar resultados, o profissional precisa ter de forma clara os seus objetivos e metas. Esses são alguns pontos que o Gestor de Facilities precisa estar preparado para solucionar:

Redução de custos e bom uso dos recursos 

Constantemente pressionado por uma redução de custos, o Gestor de Facilities precisa também saber administrar os investimentos para que eles sejam usados de forma equilibrada e sólida. Uma boa administração do orçamento e minimização dos gastos pode ser eficaz para que o Gestor cumpra sua função.

Responsabilidade pelo “compliance 

Cada área de facilities possui uma legislação própria, dessa forma, há a necessidade de mais conhecimento sobre regulamentações, normas e leis. Por isso, o gestor deve se aperfeiçoar nesses campos para acompanhar corretamente as questões legais. Só assim ele conseguirá fomentar o compliance (conformidade) das operações com as regras de cada área. A boa saúde dos contratos depende disso.

Qualidade elevada 

Outra pressão que está nas costas do Gestor de Facilidades é a constante cobrança por qualidade de serviços. E por se tratar de facilities, muitos desses serviços afetam tanto colaboradores, quanto clientes e fornecedores. 

O profissional precisa observar os seguintes tópicos: 

  • Ordens de serviços (abertas x atendidas); 
  • Tempo médio de resposta; 
  • Despesas com equipes (orçadas x realizadas); 
  • Gastos com materiais etc. 

Cursos e eventos 

Para os profissionais especializados, é de fundamental importância se manter atualizado, já que esse setor está sempre se moldando com as inovações e tecnologias que vão surgindo. 

A ABRAFAC apoia e realiza diversos eventos do tipo, como o FM Tactics e o FM Debate, além do Congresso & Expo ABRAFAC, mega evento realizado anualmente que conta com renomados profissionais internacionais e nacionais. 

Ao tornar-se Associado da ABRAFAC, você tem acesso a vários desses eventos gratuitamente ou com descontos especiais! Saiba mais aqui.

Fechar Menu
×

Carrinho