fbpx
Case: a importância da integração entre FM e Compras na tomada de decisões

Luana Lorenzato, gerente de compras/ facilities apresentou a metodologia de trabalho do Mercado Livre, além de falar sobre a importância da integração das áreas na tomada de decisões da companhia.

Com experiência de dois anos em gestão administrativa, incluindo Facilities e Procurement de despesas indiretas no Mercado Livre, a gerente, Luana Lorenzato, ministrou o “FM + Compras = Saving (SP)”, o primeiro FM Debate 2019 realizado pela Associação Brasileira de Facilities, ABRAFAC. O evento aconteceu no dia 20 de fevereiro, em São Paulo.

Na oportunidade, Luana apresentou a metodologia do Mercado livre, empresa de tecnologia com sede na Argentina, e relatou um pouco sobre a sua experiência no setor. “Atuei por quatro anos em gestão de Facilities e Procurement de despesas indiretas na Adidas. E, inicialmente desenvolvi meus conhecimentos por 10 anos na Hines, com sede nos EUA, fazendo a gestão de edifícios comerciais, condomínios multiusuários, instalações privativas e gestão de imóveis”.

Com ampla experiência na coordenação de grandes equipes de colaboradores e empresas terceirizadas, a executiva carrega como marca registrada no seu histórico a otimização de processos e redução de custos. “Para quem não conhece, o Mercado Livre nasceu em uma garagem, e hoje temos mais de 7 mil colaboradores, sendo mais de 2 mil brasileiros. Somos uma plataforma relevante, estamos presente em mais de 18 países, estamos em primeiro lugar no Brasil competindo com os maiores. Nosso time tão diverso, com diferentes especializações e competências que vão desde analista fiscal até compradores, nos permite integrar facilities com compras. Represento as duas áreas, em parceria. Sentamos ao lado do diretor financeiro e todos os setores estão conectados fisicamente, tecnologicamente e comportalmente para tomarmos as melhores decisões para a companhia”, revela.

Valorizar o DNA da empresa faz com que os colaboradores do Mercado Livre trabalhem com excelência. Entre os princípios da companhia estão: criar valor para os seus usuários; executar com excelência; dar o máximo e se divertir com isso; empreender assumindo riscos; estar em Beta Contínuo; e competir em equipe para ganhar.

Interação, dependência e colaboração do time local com o time Corp, na Argentina, nos permite tomadas rápidas de decisão. O alinhamento com os diretores e gestores sobre as metas e o foco das duas áreas é fundamental para a excelência dos resultados”, aponta Lorenzato.

Na estrutura do Mercado Livre estão: Compras Meli, com um colaborador na supervisão; 2 compradores seniores, 3 compradores plenos e um analista. Compras terceiros, com 4 assistentes. Facilities Meli, com 1 supervisão/ 1 analista. Facilities terceiros, com 1 gestor/ 4 analistas, 4 recepcionistas, 2 assistentes Meli Help. Outras áreas em finanças, envolvendo contabilidade, planejamento, impostos, tesouraria, contas a pagar e receber, sustentabilidade e auditoria.

Lorenzato também apresentou cases de como venderam algumas ideias aos diretores do Mercado Livre, focando sempre na melhoria da qualidade, eficiência e redução de custos. “Fizemos um projeto em Florianópolis que durou 60 dias. Saímos de uma micro sala nessa cidade para uma estrutura para 150 funcionários. Outra situação foi a compra de um equipamento para tratar os resíduos alimentares que temos em nossa empresa, a sede no Brasil em Osasco. Tivemos também um saving grande, de 35%, com a mudança da nossa equipe terceirizada de limpeza, além da troca do fornecedor de insumos de higiene”.

De acordo com a executiva, a conexão direta com a Argentina permite reconhecimento e oportunidades pessoais. “Não interessa quem você é, em qual cadeira senta. Dentro do Mercado Livre todo colaborador tem que decidir, seja para criar melhores parcerias, conquistar prêmios ou fomentar um ambiente mais colaborativo. Por isso, contamos com muita tecnologia e processos fechados de forma global”.

Para uma comunicação mais eficiente, o Mercado Livre conta com o Meli Help, um canal de atendimento para todos os serviços da companhia. Outra ferramenta é o Facebook corporativo, que serve para detalhar todos os procedimentos, conquistas, dúvidas e problemas da empresa. “O ar condicionado é um dos nossos principais gargalos. Deu problema? O time de facilities comunica, assim como também informa sobre resultados, revisões, instalações, entre outros assuntos”, descreve a gerente.

Uma das conquistas da integração da área de facilities com compras foi obtida por meio da pesquisa de satisfação, em que receberam 66% das avaliações positivas sobre o departamento. “Temos muito orgulho por contar nossa filosofia de trabalho no Mercado Livre, a nossa forma de atuação e integração. E estar presente no FM Debate contando tudo isso é um reconhecimento”, finaliza Luana.


INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O 14º PRÊMIO ABRAFAC MELHORES DO ANO 2019

O Prêmio ABRAFAC Melhores do Ano, a principal premiação do setor, foi criado com objetivo de promover conhecimento e valorização de projetos feitos por profissionais e empresas do setor de Facility Management. Isso estimula a produção e disseminação de casos de sucesso dentro do segmento. Participe se inscrevendo no 14º Prêmio ABRAFAC Melhores do Ano 2019 e ajude a escrever novos capítulos na história dos facilities.

Este ano teremos algumas melhorias, como uma etapa adicional com votação pública pela internet que dará a oportunidade para os melhores classificados (12 até 24 trabalhos) de melhorar a nota media recebida na fase dos jurados (mais detalhes e outras melhorias estão no regulamento / edital no hotsite do prêmio – abrafac.org.br/premio).

Assim, convocamos a todos que apresentem suas ideias inscrevendo no 14º Prêmio ABRAFAC Melhores do Ano 2019!

VOCÊ JUNTO AOS MELHORES DA ÁREA DE FACILITIES DO BRASIL!

=> MAIS INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES AQUI <


Com reportagem da ABRAFAC.

Fechar Menu
×

Carrinho