FM Debate: oportunidade de alto nível para o Gestor de Facilities

Palestras de profissionais dos mais diversos setores contribuem para o aprendizado do FM 

O ano de 2017 foi desafiador em diversos sentidos. O Brasil passou por mudanças em diversos campos, como político e econômico, e isso se refletiu diretamente na população. A crise econômica ainda predomina, assim como o desemprego. Nunca foi tão importante se manter atualizado ou aprender mais, mesmo se profissionais estão em situações “confortáveis” em suas áreas.

Para o Gestor de Facilities, a ABRAFAC -Associação Brasileira de Facilitiesseparou diversas oportunidades de ouro, visando dar continuidade a sua missão que é desenvolver o mercado, as organizações e os profissionais de Facilities. Dessas ações, o FM Debate, sem dúvidas foi riquíssimo em troca de experiências e muita informação, garantindo ainda mais sabedoria para os participantes. 

Grandes convidados

Em 2017 foram realizadas quatro edições do FM Debate. A primeira, ocorreu em 15 de fevereiro, no Centro de Convenções Milenium, São Paulo, e apresentou palestrantes de peso que mostraram todo o seu conhecimento sobre o tema “Melhores Práticas na Gestão de Facilities”. 

O Gerente Geral de Engenharia e Arquitetura das Lojas Riachuelo, Eduardo Trajano, apresentou o case “Ganhos Envolvidos na Integração da Área de Facilities em Gestão de Obras”. Em seguida, André Silva, da Eurobike, falou sobre estratégias na gestão efetiva de frotas corporativas, bem como tendências desse mercado para os próximos anos. Por fim, Patrícia Cordeiro, da SIEMENS, abordou o tema “Estratégia de Facilities em ambientes Fabris”. 

Em abril, no Espaço Milenium, em São Paulo, foi realizada a segunda edição, que trouxe grandes nomes do setor, apresentando novidades sobre o tema “Tecnologias a Serviço de FacilitiesOsvaldo Barbosa, Coordenador de Engenharia de Aplicação da Deca, debateu sobre “Uso Eficiente da Água em Edifícios”. Paulo Spacca, Diretor de Relacionamento da Associação Brasileira da Internet das Coisas (ABINC) apresentou a importância da Internet das Coisas para o mercado, essencialmente para o setor de Facilities. Já Luiz Eduardo Salsa Fonseca, representante da Honeywell -Environmental & Energy Solutions, mostrou a importância do software e outras inovações para o mercado, essencialmente para o setor de Facilities. 

Em setembro, foi realizada na FMU?—?Unidade Santo Amaro, São Paulo, a terceira edição do FM Debate com o tema “Gestão e Desenvolvimento de Talentos”. Os palestrantes Lucas Rizzardo, representando a Michael Page, Carlos Alberto Ferreira, COO -Grupo Brasanitas na Grupo Brasanitas, e Rafael Biagini Brazao Costa, TOTVS, debateram sobre o tema, expondo suas respectivas experiências e os desafios cotidianos. 

No mês de novembro, a temática “Normas e Certificações” foi a base para as palestras ocorridas na Totvs, São Paulo. Fizeram parte do evento: Flávia Zoéga A. Pujadas, ARCHEO Engenheiros Associados, Thiago Santana, Vice-Presidente da ABRAFAC, e Roberto Vilaronga, TOTVS.

Grandes ideias?

Em entrevistas especiais para o Blog da ABRAFAC, os palestrantes contaram um pouco sobre o setor de Facilities e as melhores práticas. Sobre integração da área de facilities na execução de obras, Eduardo Trajano, Gerente Geral de Engenharia e Arquitetura, revelou que boa parte desta integração é baseada em haver uma participação do setor de facilities no desenvolvimento do projeto desde a sua conceituação. 

“Deve-se considerar que um ativo, uma vez entregue, o seu custo não se configura somente ao custo da implantação, mas, sim como um custo total de vida útil. O desafio é trazer a área de facilities na etapa de projeto e, ao mesmo tempo, envolvê-la no acompanhamento e na entrega deste projeto para que os requisitos iniciais sejam respeitados”. 

Sobre terceirização de transportes para empresas, André Ricardo, da Eurobike Fleet Services, deu sua opinião em relação ao Brasil. “Quando se fala de atendimento ao usuário, isso já está bem adiantado. Algumas empresas também utilizam desses meios, usando a nota fiscal do UBER ou Táxi, quando se fala de companhias que façam controle por reembolso. A operação que envolve carro próprio tem gastos maiores. Uma empresa, por exemplo, com 300 carros necessita de pelo menos seis funcionários só para a gestão operacional dessa frota”. 

Para Patrícia Cordeiro, Gerente de Operações da SIEMENS, o necessário para manter o mais eficiente funcionamento das máquinas e da infraestrutura, é ter uma gestão de pessoas. “É ter a capacidade de manejar desde o gerente do setor, do CEO, até o auxiliar de limpeza (que você depende diretamente). É necessário ter a habilidade para manter o serviço estabilizado. Contamos com o RH dos nossos prestadores de serviço. É preciso ter o apoio do RH para incentivos e capacitação na Gestão de pessoas. Muitas pessoas nascem com isso no sangue, com facilidade de promover isso, mas aprender é necessário”. 

Ao tornar-se Associado da ABRAFAC, você tem acesso ao conteúdo de todos os FM Debates realizados, além de acesso gratuito nos próximos! Saiba mais aqui. 

Property: FM Debate de 2018 terá mudanças!

Empreendimentos comerciais registram vacância recorde – orçamentos congelados – em prédios novos e autônomos com carência de até 12 meses de condomínio ou aluguel para serem ocupados. Qual a importância do FM neste cenário? Vale a pena mudar com carência para aproveitar as baixas de preços? E os prédios “antigos”, qual o papel e importância do FM para tornar o empreendimento atrativo e competitivo? 

Para esclarecer essas dúvidas, venha participar do primeiro FM Debate de 2018, que está com novidades muito bacanas! A primeira parte do evento continua igual, com mini palestras de 20 minutos cada com os nossos palestrantes convidados. Depois do coffee break, faremos uma dinâmica diferente, onde os presentes serão separados em salas de 20 a 30 pessoas, que contarão com a presença de um dos palestrantes e consultores convidados. Desta forma, os FM presentes, poderão explanar os seus respectivos casos reais com os especialistas, podendo sair do evento com uma grande ideia ou solução prática. 

Clique aqui e saiba quem serão os participantes dessa primeira edição especial e inscreva-se porque as vagas são limitadas para 80 participantes! 

Fechar Menu
×

Carrinho