FM Tactics: o Gestor de Facilities por dentro da realidade do setor

Confira os destaques que marcaram o ano de 2017 e o que vem por aí

Fazendo uso da praticidade de ferramentas e dispositivos digitais, o FM Tactics é uma oportunidade oferecida pela ABRAFAC -Associação Brasileira de Facilities, que visa aproximar Gestores de qualquer lugar (basta ter acesso à Internet) com especialistas e profissionais ligados à área de Facilities. Dessa forma, é possível entender como é o cotidiano desses profissionais, analisar cases e os desafios do setor.

Realizado em março, em forma de webinar, o primeiro FM Tactics teve como tema “Sistemas de segurança contra incêndio — Uma Abordagem Sistêmica”. A engenheira civil Irimar Palombo, atuante na área de facilities há 20 anos, coordenadora de Infraestrutura do Sesc SP e presidente do conselho da ABRAFAC, apresentou a reavaliação do sistema de segurança do Sesc e o que está sendo feito para aperfeiçoá-lo. Ao lado de Pedro Finoti, também Engenheiro Civil e que atua há dois anos no Sesc SP, Irimar, ao fim da palestra, respondeu algumas perguntas.

Entre outras edições realizadas, o webinar apresentado teve como tema “Síndico Profissional — Responsabilidades e Desafios” e contou com a participação especial de José João Fiasco, Engenheiro Mecânico formado pela FEI, com especialização em Controladoria pela FGV e no Programa Service Profit Chain pela Harvard/IESE/IEE.

Em outra ocasião, palestrou Lamberto Grinover, Gerente Sênior de Propriedade na Brookfield Property Group Brasil e coordenador dos cursos de Gerenciamento de Facilities e Gerenciamento de Propriedades na AEA Educação Continuada, sobre o tema “A importância de empreendimentos sustentáveis para investidores e proprietários”.

Interatividade após palestras

Um dos principais diferenciais do FM Tactics é que os palestrantes respondem as perguntas dos ouvintes que estão online. Por exemplo, após sua explanação, José João Fiasco foi questionado sobre como os síndicos profissionais lidam com o uso da tecnologia e sistemas de gestão da manutenção.

Ele afirmou que nos edifícios comerciais normalmente as administradoras detêm uma equipe de suporte técnico que é capaz de lidar com as complexidades dos sistemas de gestão, com o auxílio dos terceiros de manutenção contratados pelo condomínio. “Nos condomínios residenciais, também pela questão de custo, essas atividades são consideradas como um “luxo”. É dever do síndico de analisar a relação custo-benefício de ter ou não essas tecnologias instaladas e controladas no condomínio”.

Já Irimar Palombo e Pedro Finoti foram questionados sobre as diferenças de legislação entre os estados, no que se refere às exigências do Corpo de Bombeiros e se eles viam a possibilidade de ter uma regra única no país.

“Seguimos as normatizações do estado de SP e temos conhecimento que muitos estados adotam essa normatização, por ser mais restritiva e detalhada. Seria um ótimo avanço se o país adotasse um código único, e esse é um caminho árduo que o SESC acredita estar auxiliando com esse projeto”.

Por isso, não perca nenhum FM Tactics para saber o que outros profissionais estão fazendo de melhor em suas funções e isso pode inspirar Gestores de Facilities de forma segura e cheia de interatividade.

Próximo FM Tactics

O tema, Terceirização: Impactos da nova Lei para Gestores de Facilities, tem hoje impacto em todos os setores da economia e em especial nas atividades ligadas à Facilities. A nova Lei da terceirização promulgada e a nova Lei da Reforma Trabalhista demandam às atividades prestadoras de serviços novas práticas e novos controles. Às tomadoras de serviços, esta demanda também se reflete na operacionalização de todas as atividades referentes ao negócio, cabe portanto, uma reflexão e um maior entendimento sobre todos estes novos processos.

Saiba mais informações sobre o evento aqui.

Ao tornar-se Associado da ABRAFAC, você tem acesso ao conteúdo de todos os FM Tactics realizados! Saiba mais aqui.

Fechar Menu
×

Carrinho