fbpx
Mercado de Condomínios Logísticos de SP fecha 3º trimestre com alto volume de novas locações

As regiões Guarulhos e Grande ABC apresentam os maiores índices de absorção bruta do Estado.

Segundo a pesquisa da SiiLA Brasil, o mercado de condomínios logísticos de alto padrão (Classes A+ e A) do Estado de São Paulo fechou o 3º trimestre de 2017 com absorção bruta (índice que consolida todas as novas locações do período) de 151.977 m². 

“Com o cenário econômico se fortalecendo, as empresas voltam a expandir suas operações, o que gera uma demanda por espaços logísticos. Enquanto isso, o preço médio do m² se manteve estável, na casa dos R$19/m²”, analisa Giancarlo Nicastro, CEO da SiiLA Brasil.

As regiões Guarulhos e Grande ABC foram as que registraram as maiores absorções brutas no Estado de São Paulo: 92.107 m² e 22.486 m², respectivamente. “As duas regiões estão próximas à capital, o que oferece uma vantagem competitiva para empresas que buscam proximidade com a cidade de São Paulo”, completa o executivo.

As transações que se destacaram no período aconteceram no empreendimento TRX Guarulhos: a Lopes Supermercados locou 31.300 m² e a Femsa locou outros 18.500 m² de área construída do condomínio. “A área total locada, 49.800 m², representa 33% de toda a absorção bruta registrada no 3° trimestre”, completa Nicastro. 

Ocupação de condomínios logísticos tem o maior índice do ano

A alta movimentação no mercado paulista fez com que a taxa de vacância (espaços vagos) caísse em 1,2%, fechando o 3º trimestre de 2017 em 28,92%. 

“Além das novas locações, nenhum empreendimento foi entregue neste período, o que fez com que o estoque que estava vago fosse absorvido e elevasse a taxa de ocupação para a maior registrada no ano”, analisa Giancarlo Nicastro, CEO da SiiLA Brasil.

O estoque total de condomínios logísticos de alto padrão é de 6.661.403 m² em São Paulo. Estão previstos ainda para 2017 a entrega de 51 mil m² de novo estoque, referentes aos empreendimentos M5 Sorocaba (imagem), na região de Sorocaba, e Joate Park Condomínio Logístico, em Jundiaí.

Metodologia de Pesquisa da SiiLA Brasil

Todos os empreendimentos da base SiiLA Brasil são visitados mensalmente pelos nossos pesquisadores de campo, que monitoram a ocupação e a movimentação dos inquilinos. Os dados são consolidados trimestralmente, sendo base das Estatísticas Trimestrais dos mercados de escritórios e condomínios logísticos.  

A ampla base de dados da SiiLA aliada a um rigoroso processo de coleta de dados, fazem da pesquisa SiiLA referência de informações de imóveis comerciais do país, sendo a principal fonte de dados entre os mais influentes profissionais do setor e meios de comunicação.

Todos os dados apurados são checados e consolidados pela nossa equipe, para então serem disponibilizados aos assinantes da plataforma SiiLA.

DADOS DISPONÍVEIS:

  • Taxa de Vacância
  • Média do Preço Pedido
  • Estoque Total
  • Absorção Líquida
  • Novo Estoque por Trimestre e Novo Estoque Futuro
  • Faixas de Preço Pedido: menor, maior e média
  • Composição da Ocupação por Setores
  • Composição da Ocupação por Setores: Classe A+, A e B
  • Planilhas de Estatísticas de Mercados para exportação em Excel
  • Histórico das Estatísticas de Mercado por trimestre

Entre em contato conosco e descubra por que os principais players do setor imobiliário comercial utilizam a base de dados da SiiLA em seus negócios!

Ivan Monteiro

Colunista do blog da ABRAFAC, Ivan Monteiro é jornalista com Pós-Graduação em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais.
Fechar Menu
×

Carrinho