fbpx
Síndico: agente local com alcance internacional

A administração de um condomínio normalmente é lembrada para envio de reclamações ou quando algo está errado. Aos poucos, conseguimos mudar este estigma. Frisamos que críticas construtivas são bem-vindas, mas que elogiar, identificar as mudanças positivas e comentá-las torna a vida em condomínio mais saudável para todos. Motiva os funcionários, clientes e vizinhos.

Diariamente vejo que decisões do síndico (pequenas ou grandes) podem afetar diretamente a vida de toda uma coletividade. A solidão é uma constante, no entanto. Ser síndico demanda conhecimentos tão variados como: engenharia civil, contabilidade, direito, gestão de pessoas, administração, jardinagem, gestão imobiliária, oratória etc. É preciso saber um pouco de tudo.

A administração de um condomínio normalmente é lembrada para envio de reclamações ou quando algo está errado. Aos poucos, conseguimos mudar este estigma. Frisamos que críticas construtivas são bem-vindas, mas que elogiar, identificar as mudanças positivas e comentá-las torna a vida em condomínio mais saudável para todos. Motiva os funcionários, clientes e vizinhos.

No primeiro semestre de 2017, conduzi a mais importante obra até agora: a remoção de todo policarbonato e vigas de sustentação do pátio central e instalação de moderna estrutura de lona tensionada. Sete toneladas de metal foram removidos e encaminhados para reciclagem. Com os recortes da lona, ao invés de incineração, optou-se por contratar cooperativa de artesãos do Distrito Federal para confecção de lindas bolsas promocionais do edifício.

Em conexão com o feito, ganhamos o prêmio “Ser Humano Brasília 2017” da ABRH (Associação Brasileira de Recursos Humanos).  O prêmio tem como objetivo reconhecer e disseminar boas práticas e bons trabalhos acadêmicos que visem a gestão e o desenvolvimento de pessoas no ambiente de trabalho, bem como a responsabilidade social corporativa e o desenvolvimento sustentável.

Também fomos finalistas em um evento mundial de demolição, o World Demolition Summit, na categoria: “Reciclagem e Meio Ambiente”. A solenidade aconteceu em Londres (Inglaterra). Há muitas obras em andamento por lá e uma interessante fusão de construções antigas e prédios internacionalmente conhecidos pela ousadia e modernidade de seu design como: o “The Shard”, a “O2 arena” ou “The Gherkin”. No mesmo dia, e na mesma cidade, por coincidência, fomos para a final na categoria: Best Resources Project by Facilities Management Award (melhor gestão de recursos em administração predial) em evento organizado pela CIWM, instituição britânica ligada ao tratamento de resíduos em geral.

Fechando o ano de 2017, durante o 3°ENBRASSP, em Goiânia, fui o único síndico do Brasil a ganhar o prêmio Master Sindico 2017, da ABRASSP (Associação Brasileira de Síndicos e Síndicos Profissionais).

Ou seja, os relatos acima servem para provar que uma administração de qualidade, seja pela crescente figura dos síndicos profissionais ou de um síndico orgânico como eu, pode trazer projeção nacional e internacional. De Brasília para o mundo, porque não?

A atriz Jo Caulfield e o síndico Marcelo Sicoli durante premiação.


Marcelo Sicoli é consultor internacional (incluindo segmento hospitalar e farmacêutico- www.enterbrazil.com) e síndico do Centro Clínico Sudoeste. Premiado nacionalmente e internacionalmente por gestão predial. Articulista de vários jornais e portais, escrevendo sobre mercado imobiliário e administração de condomínios. É o atual diretor de assuntos internacionais do CRECI-DF e também da ABRASSP (Associação brasileira de síndicos e síndicos profissionais), membro do Sindimóveis-DF, e membro do conselho consultivo de alguns condomínios no DF.


* Foto destaque: Distrito de Bank em Londres, reduto financeiro mundialmente conhecido. Por zoltangabor.com


SEJA UM ASSOCIADO ABRAFAC E TENHA ACESSO EXCLUSIVO AO
CONTEÚDO DA BIBLIOTECA E AOS EVENTOS ABRAFAC.
CLIQUE AQUI E ASSOCIE-SE!

Fechar Menu
×

Carrinho