Entrevista: Decisões da Athié Wohnrath em meio à pandemia do novo coronavírus

Empresa precisou pensar fora da caixa para preservar finanças, saúde dos colaboradores e clientes. Entrevista integra a séria da ABRAFAC sobre como o Setor de Facilities está atuando no enfrentamento à pandemia do coronavírus.

Por Jéssica Marques 

Em meio à pandemia do coronavírus, diversas empresas da área de Facility Management estão precisando pensar fora da caixa. O grande desafio é garantir a saúde dos funcionários, dos clientes e das finanças.

O diretor da Athié Wohnrath, Sérgio Athié, detalhou as medidas que estão sendo tomadas pela empresa. A companhia atua no setor de construção civil, que está sendo impactado pelas medidas de isolamento social por conta da Covid-19.

“Tivemos rapidamente que nos adaptar ao home-office, que em muitos segmentos da nossa operação não se tratava apenas de enviar os colaboradores para casa com um laptop. Vários dos softwares que utilizamos para projetos e apresentações são bastante complexos e nossos times de TI fizeram um trabalho fantástico para garantir que todos os profissionais pudessem trabalhar remotamente, garantindo o prazo de entrega dos projetos. Este é apenas um exemplo entre várias medidas adotadas na empresa”, explicou.

Confira a entrevista, na íntegra:

Portal ABRAFAC – Como a empresa está lidando com a pandemia do novo coronavírus que vivemos, atualmente?

Sérgio Athié – Tomamos todas as medidas possíveis para preservar nossos colaboradores e clientes. Também estamos avaliando com seriedade o impacto econômico para garantir nossa operação.

Portal ABRAFAC – Quais medidas foram tomadas para evitar a proliferação do vírus entre funcionários, clientes e parceiros?

Sérgio Athié – A princípio, tomamos as medidas iniciais de isolamento total, com o objetivo de avaliar o cenário e programar próximos passos. Após termos implantado todas as precauções necessárias, estamos prontos para reiniciar as obras que eventualmente haviam sido paralisadas com toda a segurança e com o objetivo de preservar milhares de empregos associados ao nosso negócio e, da mesma forma, assegurar as operações de nossos clientes.

Portal ABRAFAC – Que mudanças em processos da Athié foram feitas por conta da pandemia e das medidas de isolamento?

Sérgio Athié – Tivemos rapidamente que nos adaptar ao home-office, que em muitos segmentos da nossa operação não se tratava apenas de enviar os colaboradores para casa com um laptop. Vários dos softwares que utilizamos para projetos e apresentações são bastante complexos e nossos times de TI fizeram um trabalho fantástico para garantir que todos os profissionais pudessem trabalhar remotamente, garantindo o prazo de entrega dos projetos. Este é apenas um exemplo entre várias medidas adotadas na empresa.

Portal ABRAFAC – Houve alguma alteração no ritmo do trabalho administrativo? Quais?

Sérgio Athié – Procuramos nos adaptar muito rápido ao trabalho remoto e integração dos processos virtualmente para garantir a integridade dos nossos processos e atendimento das equipes internas, bem como os clientes.

Portal ABRAFAC – Até que ponto home office apresenta-se como uma solução?

Sérgio Athié – O trabalho remoto, não necessariamente em casa, é um caminho sem volta e as empresas têm que estar preparadas para adotar esta política. Por outro lado, acreditamos firmemente que unir as pessoas fisicamente é também primordial, não só para garantir o bom relacionamento e integração entre as pessoas, mas também permear a cultura da empresa, garantindo o engajamento.

Portal ABRAFAC – As obras foram paralisadas?

Sérgio Athié – Uma parte delas sim para que pudéssemos tomar as medidas protetivas para garantir a segurança das equipes sempre em alinhamento com nossos clientes. Após a conclusão deste processo, estamos retomando já nesta semana quase todas as obras de forma a garantir nossas entregas.

Portal ABRAFAC – De que forma é feito o gerenciamento dos projetos que demandam trabalho presencial?

Sérgio Athié – Todas as medidas protetivas recomendadas pela OMS e entidades médicas e de segurança foram adotadas quando é requerido qualquer trabalho presencial.

Portal ABRAFAC – E quanto às ações de conscientização da população, como estão sendo feitas?

Sérgio Athié – Temos emitido comunicados diários para todo nosso ecossistema, que engloba clientes, colaboradores e fornecedores, com o objetivo de sensibilizar e permear todas as informações cabíveis referentes ao momento que estamos passando, garantindo que todos tenham conhecimento sobre as medidas necessárias para evitar que o problema se agrave. Veja mais aqui.

Portal ABRAFAC – Qual é o impacto do coronavírus nas empresas de facilities, em geral?

Sérgio Athié – Sem dúvidas o impacto é enorme, não só na quantidade de medidas a serem implementadas, mas também no impacto econômico que o isolamento ocasiona.

Portal ABRAFAC – De modo geral, como a Athié está sendo afetada por este período?

Sérgio Athié – Não há como uma empresa não ser afetada em momento tão sensível. De maneira geral, procuramos fazer disto um aprendizado para evoluir em futuro próximo com otimismo e perseverança.

Portal ABRAFAC – Que medidas criativas a empresa tomou para lidar com os problemas que surgiram em decorrência da pandemia?

Sérgio Athié – Estamos fazendo da comunicação um elemento chave para assegurar que as expectativas de nossos clientes sejam atendidas e que os colaboradores possam enfrentar junto com o grupo de gestão esta fase que estamos passando em todo o mundo.

Portal ABRAFAC – Que outras soluções estão sendo aplicadas para diminuir os impactos no funcionamento da empresa?

Sérgio Athié – Felizmente, somos uma empresa sólida e com excelente saúde financeira. Ainda assim, o cenário de precaução requer cautela e redução de custos onde for possível. Estamos trabalhando muito próximos aos nossos clientes e fornecedores no sentido de buscar isso.

Portal ABRAFAC – Diante do atual cenário, de que forma o setor de facilities pode contribuir no enfrentamento dessa crise?

Sérgio Athié – O Setor de Facilities é o primeiro a ser acionado para tomar as medidas necessárias para garantir a segurança de todos que trabalham nas empresas. Adotar os procedimentos adequados e comunicar assertivamente é fundamental.

Portal ABRAFAC – Em sua visão, essa crise é comparável a alguma outra que o setor de facilities já viveu? Por quê?

Sérgio Athié – Em tempos recentes, me parece que esta crise tem maior gravidade, não só pela possibilidade de evolução muita rápida, mas também pelo impacto econômico a nível global.

Portal ABRAFAC – O que você tem a dizer para os profissionais da empresa que estão atuando na linha de frente diariamente?

Sérgio Athié – Que não descuidem nunca do que já sabem que deve ser feito para minimizar a propagação do vírus. Também quero que saibam que temos muito orgulho deles e como empresa vamos apoiá-los integralmente.

Portal ABRAFAC – Qual recomendação faz para a sociedade?

Sérgio Athié – Não pode ser outra que não assegurar que não permitamos que a pandemia se expanda a níveis incontroláveis. Também é necessário equilíbrio neste cenário para garantir a maior quantidade possível de empregos.

Portal ABRAFAC – E para o colaborador?

Sérgio Athié – Espero que sigam todas as recomendações que nossa empresa e outras entidades estão passando para garantir a sua segurança e das suas famílias.

Portal ABRAFAC – Como está sendo para você atuar nessa pandemia em que vivemos atualmente?

Sérgio Athié – Um aprendizado no sentido de me adaptar rapidamente ao trabalho 100% remoto e ao mesmo tempo de gratidão por ver o alto nível de comprometimento com nossa empresa e nossos clientes.

Portal ABRAFAC Como o seu trabalho contribui para o país neste momento de crise?

Sérgio Athié – Entendo como muito relevante, pois estamos focando em garantir os empregos em todo nosso ecossistema, com segurança e permitindo que os planos de nossos clientes se concretizem.