fbpx
Facility no futuro: “A inteligência artificial nunca irá substituir as pessoas”

O futuro no Facility sob a perspectiva de John Carrillo, membro do IFMA e diretor da AT&T

Inteligência artificial, a geração millennial, os avanços tecnológicos, o aquecimento global, a transição de gestores que vão se aposentar para os novos que estão chegando ao mercado, entre outras questões. São muitas as nuances que o futuro projeta para os próximos anos ligados à Gestão de Facilities.

O Blog da ABRAFAC apresenta hoje uma síntese da palestra de John Carrillo, membro do IFMA e diretor da AT&T, feita no “Painel Internacional — FM 2025”, durante o Congresso & Expo ABRAFAC 2018.

Com mais de 40 anos de experiência em gerenciamento de Facilities e imobiliário corporativo em empresas de tecnologia, John Carrillo iniciou sua fala pontuando sobre o Futuro do FM em relação à tecnologia. Refletiu como nos adaptamos com a tecnologia, fazendo dela imprescindível. Da mesma forma, a sociedade passou a utilizá-la de maneira ampla e impulsionando as Smart Cities.

“O maior desafio de uma Gestão de Facilities será buscar soluções para as consequências das mudanças climáticas. Por exemplo, os oceanos estão cada vez mais invadindo as cidades e vão causar muitos problemas. A projeção dessa elevação dos oceanos vai afetar 59% da população que mora no litoral, em todo o mundo”, explicou.

John destacou que, nos próximos anos, a inteligência artificial não irá substituir as pessoas. “Uma máquina não consegue ser emocional. Temos clientes que são emocionais, por isso, precisamos ser treinados para sermos os melhores gestores de pessoas”.

O palestrante pontuou que o impulsionador das empresas sempre será a lucratividade e a necessidade de redução de custos. “A tecnologia vai ajudar nisso, mesmo se você estiver bem distante do seu cliente, ela auxiliará de uma vez por todas na centralização das questões principais de uma gestão para a tomada da decisão”.

O desafio das próximas gerações

“A transição geracional dos grupos de trabalho é o próximo foco dos gestores. Precisamos saber lidar com os millennials para que o trabalho seja bem realizado e tenha uma transição correta, afinal, daqui 5 ou 10 anos, 50% dos gestores vão se aposentar e isso é motivo de preocupação”, alertou John.

John relatou que associações como a IFMA e a ABRAFAC precisam ajudar nesse processo, pois, com a tecnologia, os desafios serão treinar os gestores para lidar com as máquinas, afinal, os profissionais precisam entender o que está acontecendo e como funcionam as inovações.

O palestrante citou a importância das associações e instituições manterem um diálogo com os jovens em universidades para que o mercado da profissão cresça em representatividade. “Desejamos que, nos próximos anos, a Gestão de Facilities seja uma carreira idealizada pelos jovens”.

Para John Carrillo, a tecnologia vai acontecer queiramos ou não, e vamos viver mais tempo e com teremos mais saúde. O trabalho no escritório vai mudar. “O maior desafio desse momento com o que vivenciaremos no futuro, realmente será essa transição da força de trabalho”.

Facilities no Brasil

Sobre o Brasil, John disse ter conhecimento que São Paulo é a 13ª maior cidade do mundo. “Você anda por aqui e vê os grandes edifícios. Alguém precisa cuidar dessas construções”.

Fique de olho em nosso blog para o resumo das outras palestras!

ASSOCIE-SE AGORA PARA TER ACESSO EXCLUSIVO AOS VÍDEOS DAS PALESTRAS DO CONGRESSO E RESPECTIVAS APRESENTAÇÕES, ALÉM DE GARANTIR A ENTRADA GRATUITA NA EDIÇÃO 2019!

Ivan Monteiro

Colunista do blog da ABRAFAC, Ivan Monteiro é jornalista com Pós-Graduação em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais.
Fechar Menu
×

Carrinho