Gestão de Facilities: o valor da profissão para as empresas

Como o profissional de Facilities é essencial para atender a uma demanda integral de serviços 

Um shopping, um prédio corporativo e um hospital. O que eles possuem em comum? O grande número de colaboradores, clientes e pacientes que circulam diariamente dentro do ambiente. Muitos desses empreendimentos contam com muitos colaboradores, fornecedores e frequentadores. Como fazer a gestão de algo tão complexo? É aí que entra o Gestor de Facilities. 

Por causa do grande desafio que é gerenciar todos os recursos materiais e humanos na missão de manter a estrutura de um espaço em pleno funcionamento, grandes empresas precisam de um coordenador que esteja atento às necessidades. E o assunto não é simples, já que é preciso suprir as demandas dos diferentes setores, pensar em tecnologias, reduzir custos e manter um padrão de qualidade aceitável. 

Por isso, a falta de uma Gestão Facilities pode levar à problemas como desperdícios ou subaproveitamento de recursos, além de retrabalho ou erros operacionais. E isso, em tempos de crise, pode ser uma enorme desvantagem e, em casos como de hospitais, riscos graves. 

Gestor pode reduzir gastos? 

Quando há um setor específico para a Gestão de Facilities, aquelas áreas estratégicas como segurança, limpeza, manutenção, entre outros, em uma empresa, é bem certo que exista uma rotina mais equilibrada na empresa. 

Por isso, a presença de um time e de um Gestor de Facilities é de grande valor para o funcionamento de uma empresa, independentemente do seu porte. 

E diferente do que ser apenas um setor administrativo, um profissional gabaritado, tem o conhecimento fundamental para analisar diversos fatores, como formas inteligentes de racionar energia ou a adoção de serviços e tecnologias que oferecem um melhor custo-benefício para a empresa. 

Desafios do setor 

E o que faz um Gestor de Facilities? Esse profissional tem a grande responsabilidade de coordenar a infraestrutura de uma empresa. Para quem está inserido na área, um dos grandes desafios é o de organizar tantas demandas diferentes, muitas terceirizadas, e de naturezas tão diversas. 

Por isso, controlar as responsabilidades na manutenção de um edifício requer além de tempo, um grande foco de gestores. 

É preciso ter sensibilidade e ser estratégico para que ações ligadas à infraestrutura de um espaço corporativo não tenham consequências na produtividade da equipe ou causar uma impressão negativa em clientes que visitam a empresa. 

Conheça os principais desafios do Gestor de Facilities: 

Gestão de Contratos 

A terceirização é uma forte tendência, principalmente após a Reforma Trabalhista, por isso, o Gestor de Facilities deve lidar com diferentes contratos e fornecedores, sempre observando fatores como conformidade, prazos, valores e renovações. 

Mão de obra 

Desafio comum em empresas que buscam internalizar as contratações, existe uma enorme dificuldade de encontrar mão de obra qualificada, assídua, pontual e de confiança. 

Em setores como de segurança e limpeza, a rotatividade, geralmente, é bem alta. Por isso, é preciso contratar bons profissionais. Caso a empresa opte pela terceirização desses serviços, também deve ter atenção para selecionar os melhores parceiros. 

Sustentabilidade 

Esse é um dos temas de maior importância no setor corporativo, e não é somente para evitar impactos no meio ambiente (o que já seria um grande motivo de mobilização). A questão da sustentabilidade traz resultados na produtividade, na redução de custos e no propósito das empresas. 

Custos 

Manter o equilíbrio nas contas da empresa é uma preocupação diária de gestores. Como os serviços de facilities, em geral, não são as atividades-fim da instituição, os gastos devem ser levados a sério. A questão desafiadora é ter o equilíbrio dos gastos sem perder a qualidade de serviços. 

O papel do profissional de facilities de fato contribui para locar um prédio comercial na contramão do mercado? 

Essa é a pergunta que será respondida no FM Tactics, uma série de programas virtuais promovidos pela ABRAFAC, onde profissionais e empresas do mercado de Facilities compartilham com a comunidade em geral melhores práticas, novos produtos e casos de inovação dentro de nosso segmento. 

Na ocasião, será apresentado um case onde a redução dos custos com gestão atuante permitiu investimentos no empreendimento, o tornando mais atrativo ao mercado. 

Início do evento: 8 de Fevereiro de 2018 às 10:00–11:00 

Saiba mais informações e garanta sua vaga: https://goo.gl/nCbx6Q 

Com informações: Morhena 

Fechar Menu
×

Carrinho